domingo, 27 de abril de 2014

(sem título)


   encara um estranho
 permite-te ser ridícula
   (sê, então, ridícula)
e vê o milagre acontecer


Sem comentários: